Demo
quinta-feira, fevereiro 29
Leia meus artigos
Leia meus artigos
EMERGÊNCIA CLIMÁTICA: UM OLHAR A PARTIR DA PSICOLOGIA ANALÍTICA

Emergência Climática: Um Olhar a partir da Psicologia Analítica

O planeta pede socorro. Eventos climáticos extremos em aumentado devido ao aquecimento global e tendem a aumentar. As medidas tomadas para se evitar esta tragédia anunciada ainda são bastante tímidas e bastante discutíveis.
E o homem não pode se considerar apartado da natureza. Segundo Jung, o eu não está confinado ao corpo e se estende a tudo a sua volta. Somos parte integrante do todo. O objetivo deste artigo é apresentar a emergência climática como fato e discutir a forma com que a psique humana se vê refletida na crise ambiental.

Leia mais »
LAMPIÃO E MARIA BONITA: UM OLHAR JUNGUIANO SOBRE ANIMA E ANIMUS NO CANGAÇO

Lampião e Maria Bonita: um olhar Junguiano sobre Anima e Animus no Cangaço

A história de Lampião e Maria Bonita já se tornou uma lenda, e faz parte do patrimônio histórico-cultural brasileiro. O propósito deste artigo é, a partir da narrativa desta história, fazer uma análise dos aspectos arquetípicos do animus e anima no contexto do cangaço.
O princípio masculino e o princípio feminino sempre presentes e que buscam a completude podem ser vistos aqui no cenário da caatinga nordestina, entre batalhas, tiroteios, fugas e esconderijos, numa história de muitas aventuras, violência e romance.

Leia mais »
Por que os bebês são tão bonitinhos? – Aos olhos da mãe

Por que os bebês são tão bonitinhos? – Aos olhos da mãe

A natureza, sabiamente, fez com que tudo no bebê fosse feito para chamar a atenção e encantar a sua mãe, mas só isso não é o suficiente para o estabelecimento de um vínculo saudável entre mãe e bebê. O parto e as primeiras horas de vida são de fundamental importância para que se estabeleça essa conexão, que é regida pelo arquétipo da Grande Mãe.

Leia mais »

Ibeji: a vivência do irmão e o arquétipo fraterno

A vivência do irmão e o arquétipo fraterno fazem parte da atividade mitologizante da psique e é no relacionamento com o irmão que se aprende como se dão os relacionamentos não hierárquicos, de igual para igual. Esta vivência é fundamental para o desenvolvimento do sentimento de alteridade. Este artigo apresenta os orixás gêmeos como representantes deste arquétipo, e traz uma reflexão acerca da sua importância para o desenvolvimento de uma sociedade mais ecológica, justa e colaborativa.

Leia mais »

Omulu, nosso curador-ferido afro-brasileiro

Omulu ou Obaluaê são os nomes do orixá do Candomblé que é o senhor da peste, da varíola, das doenças infectocontagiosas, das epidemias. É o conhecedor dos mistérios da doença, assim como de sua cura. Este orixá se apresenta usando uma roupa feita de palha que lhe cobre da cabeça aos pés para esconder suas cicatrizes. Este artigo pretende correlacionar o mito de Omulu ao arquétipo do curador ferido, que se constela em cada médico, terapeuta, ou profissional da saúde que se dedique ao cuidado do paciente.

Leia mais »

Gaia no antropoceno

Nosso mundo existe há 4,5 bilhões de anos, e sua evolução foi dividida em 5 grandes eras geológicas: Arqueozoica, Proterozoica, Paleozoica, Mesozoica e Cenozoica. Esta

Leia mais »

Exu e a projeção da sombra

O Brasil é um país de grande diversidade religiosa, com uma riqueza  de manifestações que engrandece, em muito, a nossa cultura. Entretanto, também é território de

Leia mais »